terça-feira, 19 de maio de 2015

Omegas 3 e 6: A verdade

No campo da nutrição aparecem sempre artigos a falar sobre minerais ou vitaminas que temos em défice ou em excesso. Assim é o caso dos omegas 3 e 6. 

Existem imensos artigos que defendem que devemos consumir mais omega 3 para equiparar a quantidade de omega 6 que consumimos. Isto porque uma pessoa comum consome quantidades de omega 6 muito superiores às de omega 3. Por isso recomendam aumentar a quantidade de omega 3 consumida por dia.  O problema aqui é que uma dieta normal consome em excesso ambos os omegas (cerca de 4x mais de omega 3 e 7x mais de omega 6). As pessoas esquecem-se que grande parte dos problemas de saúde relacionados com a nutrição vêm de excessos e não de défices.

Para quem não sabe o que são omegas 3 e 6, não são nada mais nada menos que nomes de tipos específicos de gorduras/lípidos. Estas gorduras são essenciais por diferentes razões. Os omegas 6 fazem com que o nosso sangue coagule enquanto que os omegas 3 permitem uma melhor circulação do sangue. Por isso é necessário que se consuma a mesma quantidade de ambos os omegas para um bom funcionamento do coração.
Portanto, a solução não é consumir mais omega 3 mas sim reduzir na quantidade de omega 6!

Imagem: http://migre.me/pZmNp

Para aqueles que estão agora preocupados com o seu consumo de omega 3 e 6, não têm que se preocupar! Uma dieta isenta de gordura animal (carne, peixe e ovos) e baixa em óleos vegetais refinados faz com que o consumo de omega 6 baixe drasticamente assim como o de omega 3 para conseguirmos ter níveis normais de ambas as gorduras. Estes níveis seriam de 10% da nossa dieta, ou seja, 10% das nossas kcal tinham que vir de gorduras. Para quem quiser controlar estes níveis, podem inscrever-se no site do Cron-o-meter. É gratuito e ao introduzir tudo o que comeram durante o dia ele calcula a percentagem de hidratos de carbono, gordura e proteína consumida assim como todos os outros minerais e vitaminas. Recomendo vivamente!

Mas digo-vos já que a melhor maneira de obter gorduras saudáveis e em quantidades saudáveis é através de frutos secos como caju, amendoim, pevide e frutas como o abacate e o coco.

Espero que esta publicação tenha sido informativa.
Tenham uma boa semana!

Postar um comentário